O América Futebol Clube vem a público para se desculpar por entrevista de seu vice-presidente, Ricardo Valério, publicada hoje (5) na Tribuna do Norte e replicada por outros veículos de imprensa em que houve uma infeliz escolha de palavras que resultou em menosprezo não intencional ao setor de academias e a todos os profissionais nele envolvidos.

Esclarece que a comparação desejada era sobre o fato de que o acesso às sessões de treinamento de um clube de futebol profissional é limitado a número fechado de atletas e profissionais de apoio, sem possibilidade de extensão por imposição do próprio orçamento do clube, ao passo que as academias têm como premissa a oferta desses serviços a número indeterminado de pessoas, sendo mesmo esperado que seu sucesso seja medido por um número crescente de clientes frequentadores de seus espaços.

Esclarece ainda que o América Futebol Clube faz requerimentos apenas em seu próprio nome, ainda que possivelmente terceiros venham a ser beneficiados.

Com esses esclarecimentos, o clube reitera publicamente o pedido de desculpas.

A Direção.

Banner detran