30/08/2013 - 19:20 | Atualizado em: 30/08/2013 - 19:20

“Vai começar um novo campeonato pra gente”

por Assessoria de Imprensa

Tiago Adan está confiante por voltar a jogar no Nazarenão. Foto: Edmo Nathan

O último gol marcado pelo América no Estádio Nazarenão, em Goianinha, foi feito pelo atacante Tiago Adan. Na partida que decidia a classificação para a final do segundo turno do Campeonato Potiguar, realizada no dia 1º de maio, o alvirrubro perdia para o Alecrim e precisava da vitória - que garantiria, inclusive, a liderança da competição.

O Mecão foi buscar e, aos 20 minutos do segundo tempo, Itamar empatou a partida. Aos 38 minutos, Tiago Adan virou e deu números finais ao placar: 2 a 1.

“Graças a Deus, fui feliz em marcar o gol naquela partida. Infelizmente, no Barrettão, eu não tive a mesma sorte. Agora voltamos à nossa casa. Se Deus quiser e me abençoar, espero fazer mais gols logo e ajudar a tirar o América dessa situação”, comenta Tiago Adan.

No Estádio Nazarenão, o América jogou 57 vezes. Venceu 35, empatou 13 e perdeu em apenas 9 oportunidades. No Barrettão, foram 11 partidas. 1 vitória, 5 empates e 5 derrotas.

“Já passou da hora da gente ganhar em casa. Essa é a oportunidade. Estar de casa ‘nova’ é outra motivação. Está todo mundo focado. Já conversamos entre a gente e é bola pra frente. Vai começar um novo campeonato pra gente”, ressaltou.

Um aspecto que diferencia o estádio de Ceará-mirim para o de Goianinha é a condição do gramado.

“O gramado ajuda muito. Não tem nem comparação. A bola corre mais rápido, o time fica mais ofensivo, mais agressivo, e dá pra marcar pressão. São coisas que não aconteciam no Barrettão”, conclui o atacante.